BUSCANDO...

 Consultar PIS e PASEP – Veja como! 

Publicidade



Antes de mais nada o PIS e PASEP são redes de proteção semelhantes ao FGTS que são utilizadas pelos trabalhadores que possuem carteira de trabalho assinada. Hoje em dia muitas pessoas não sabem o que essas siglas significam, e isso acaba se tornando um erro, pois, como cidadãos devemos ter o conhecimento de todos os nossos direitos. 

Isso também é considerado uma certa responsabilidade que o empregador tem com o seu funcionário, pois, atualmente diversos trabalhadores infelizmente ainda não tem o conhecimento disso. Sendo assim, é importante que você conheça tudo o que precisa saber sobre PIS/PASEP. 

PIS/PASEP o que significa? 

O Programa de Integração Social (PIS) foi desenvolvido em 7 de setembro de 1979 com o intuito de formar o trabalhador em seu desenvolvimento empresarial. 

Em geral, para que os trabalhadores possam sacar o valor PIS é necessário seguir algumas exigências feitas por lei, como por exemplo assim que o trabalhador se aposentar, em casos de doenças, portador de deficiência e entre outras situações. 

Vale lembrar também que caso houver o falecimento do trabalhador o saque do PIS fica responsável pelos seus familiares.  

Consultar PIS e PASEP

O que é PASEP? 

O Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) também foi criado no ano de 1979 no dia 3 de dezembro. Deste modo, é considerado um fundo que é integrado ao PIS.  

Este fundo tem como objetivo ajudar o servidor público como civis militares e etc. Sendo assim podemos tirar como base que PIS/PASEP possuem basicamente os mesmos objetivos. Contudo, é importante conhecer melhor esses dois fundos. 

Como funciona? 

A partir do momento que temos o conhecimento da funcionalidade do PIS e PASEP, ainda sim surge uma certa dúvida para quem tem direito a ambos os dois fundos.  

Funcionários que trabalham por CTL estão cadastros de maneira automática no PIS.  Sobretudo o direito ao dinheiro desses fundos é feito pelo Abono Salarial. 

Atualmente o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT) desenvolveu um calendário para que a Caixa realize o pagamento desse abono.  

Contudo, para ter direito deve trabalhar com carteira assinada pelo menos 5 anos e receber menos de 2 salários mínimos.   

Quem tem direito ao PIS/PASEP? 

Hoje em dia existem duas formas para saber se você tem direito ao PIS ou PASEP.  

Sendo assim, para saber se você tem direito ao PIS você deve acessar o aplicativo conhecido como Caixa Trabalhador. Entretanto caso preferir pode estar acessando o site da Caixa e clicar na opção “Consultar pagamento”.  

Contudo, se ainda assim não quiser realizar esse processo online pode estar ligando diretamente na Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal, que é 0800-726-0207 ou também pode estar indo pessoalmente até a Superintendência Regional do Trabalho mais próximo a sua localidade. 

Já no PASEP, caso você seja um servidor público, pode estar acessando o site do Banco do Brasil, ou estar ligando diretamente em alguns dos telefones de atendimento.   

Sendo assim, para capitais e regiões metropolitanas o número para contato é 4004-0001, já para as demais cidades 0800-729-000 e para deficientes auditivos é 0800-729-0088. 

Como posso realizar o saque do PIS/PASEP? 

Em primeiro lugar, para sacar o PIS é preciso ter o Cartão Cidadão e uma senha cadastrada e trabalhar em uma instituição privada.

Deste modo com o cartão é possível realizar saques em qualquer caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal, como também em casas lotéricas e no Caixa Aqui. 

Vale lembrar que caso sua conta da Caixa não esteja com nenhuma pendência o abono irá diretamente para ela.   

Contudo, o servidor público pode fazer o saque diretamente em uma agência do Banco do Brasil. Sendo assim, caso já for correntista poderá estar recebendo direto em sua conta.  

Sendo assim, caso ainda tiver dúvidas referente ao PIS/PASEP pode estar entrando em contato diretamente por meio dos números citados acima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.